Airconditioning Life, 2011
Dimenção / Dimension
Varivel
Categoria / Category
three-dimensional
Material / Materials
Acrílico cristal e colorido, aço inox e alumínio

A obra Air Conditioning Life se junta às Capsulas para formar a série Corpo Anestésico, conceito este formulado em 1995 para nomear a experiencia do sujeito impactado pela velocidade dos deslocamentos e consequente suspensão temporal e, finalmente, pela 'engenharia' da natureza os quais visam a amplificação dos sentidos para o controle da produtividade e a otimização das tarefas da vida cotidiana. O mantra nesta obra é: AIR CONDITIONING LIFE/THERMAL DELIGHT/THERMAL CONTROL/DELIGHT/DELIGHT/CONTROL. O conjunto de peças reune os mantras já utilizados nas Capsulas (2010) e em Obi Mantra (2008) para compor 7 módulos com edição única, feitos em alumínio, metacrilato cristal e translucido em 7 cores especialmente formuladas para a obra. Cada módulo compreende um conjunto de 7 peças e a montagem final poderá ter forma e medidas variáveis.

Airconditioning Life (da série Corpo Anestésico), 2011. Vista parcial da instalação com módulos de I a VII. Foto Flávio Lamenha


Airconditioning Life (da série Corpo Anestésico), 2011. Vista parcial da instalação com módulos de I a VII. Foto Flávio Lamenha


Airconditioning Life (da série Corpo Anestésico), 2011. Vista parcial da instalação com módulos de I a VII. Foto Flávio Lamenha


Airconditioning Life (da série Corpo Anestésico), 2011. Vista parcial da instalação com módulos de I a VII. Foto Flávio Lamenha


Airconditioning Life (da série Corpo Anestésico) Módulo VI. Galeria Vermelho, 2011. Foto Flávio Lamenha


Airconditioning Life (da série Corpo Anestésico). Detalhe. Galeria Vermelho, 2011. Foto Flávio Lamenha


Airconditioning Life (da série Corpo Anestésico). Detalhe. Galeria Vermelho, 2011. Foto Flávio Lamenha


Airconditioning Life (da série Corpo Anestésico). Detalhe. Galeria Vermelho, 2011. Foto Flávio Lamenha


Airconditioning Life (da série Corpo Anestésico), 2011. Vista parcial do Módulo VI. Atelier da artista. Foto Pedro Perez Machado